Morte de macacos acende alerta nos municípios da região

Foto: Município de São João do Oeste

Foi localizado na comunidade de Cristo Rei, no último sábado (11), um macaco prego (Cebus sp.) morto. O macaco foi encontrado por um morador, que notificou a equipe de saúde de São João do Oeste. Imediatamente foi acionada a Vigilância Epidemiológica do Estado, que enviou uma equipe de Chapecó e São Miguel do Oeste até o município para ser feita a coleta de material para investigação de Febre Amarela.

Um fato parecido aconteceu no município de Tunápolis no dia 04/09, quando foi localizado nas proximidades do perímetro urbano, saída para Linha Pitangueira, um macaco prego morto. O macaco foi encontrado por um morador da cidade. Ao tomar conhecimento do fato, foi acionada a vigilância Epidemiológica do Estado e uma equipe se deslocou de Xanxerê até o município.

A morte dos macacos acende um alerta, podendo ser um indicativo que o vírus da febre amarela esteja circulando nos municípios.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde de Tunápolis, a Febre amarela é uma doença grave, mas pode ser evitada através da vacina, que faz parte do calendário de vacinação do nosso Estado. É necessário o registro de uma dose da vacina em adolescentes e adultos, e a criança recebe a primeira dose aos 9 meses e um reforço aos 4 anos. Pessoas sem o registro da vacina devem entrar em contato para o agendamento.

Caso um morador encontre um macaco morto, o mesmo deve notificar a Vigilância Sanitária ou o agente comunitário de saúde, que está treinado para orientar quanto a conduta a ser tomada.


Imagens



EDIÇÃO IMPRESSA

Capa



VÍDEOS



Endereço:
Rua: São Bonifácio, N78, Centro
Itapiranga - SC - Brasil - CEP: 89896-000
Telefone: (49) 3677-0907