No Oeste, BRDE divulga balanço inicial do SC Mais Renda Empresarial

Jornalismo Adjori

Diretores do Banco de Desenvolvimento Regional do Extremo Sul (BRDE) conheceram alguns dos primeiros empreendedores do Estado atendidos pelo Programa SC Mais Renda Empresarial. Marcelo Haendchen Dutra e Vladimir Arthur Fey conversaram com representantes de cooperativas parceiras em Pinhalzinho, Modelo e Faxinal dos Guedes, ouviram o feedback de micro e pequenos empresários que acessaram a linha de crédito, e participaram de eventos do Governo do Estado onde o programa foi apresentado a lideranças locais. Neste momento a região Oeste catarinense tem o maior número de contratos firmados, seguida pelo Vale do Itajaí e Norte catarinense.

"O dinheiro veio em boa hora, e com uma condição super vantajosa", comemora a comerciante Ivania Salete Michelin, de Modelo. Ela é associada da Sicoob Creditaipu, uma das cooperativas parceiras do BRDE.

Desde agosto, quando o SC Mais Renda Empresarial foi lançado, o BRDE aprovou mais de 776 operações em 134 cidades, disponibilizando ao mercado aproximadamente R$ 65 milhões. Podem solicitar o empréstimo de até R$ 100 mil, MPEs com faturamento bruto de até R$ 4,8 milhões/ano, de áreas ligadas aos setores de turismo, bares, restaurantes, eventos, educação, transportes, salões de beleza e estética, comércio varejista e atacadista, atividades de contabilidade, artigos de vestuário e confecções de vestuário.

Além do pagamento das parcelas em dia, para ter direito aos juros subsidiados pelo Governo do Estado, os micro e pequenos empreendedores beneficiados devem manter quadro de funcionários compatível com a realização da sua atividade econômica, mantendo, no mínimo, o mesmo quadro de funcionários pelo período da carência concedida. Além do BRDE a Agência de Fomento de Santa Catarina (Badesc) atua com esta linha, cujo juro é subsidiado pela Secretaria de Estado da Fazenda.

"Esse projeto atende uma determinação do Governador Carlos Moisés: garantir capital de giro para empresas fortemente impactadas pela pandemia. E a intensa procura pelo crédito nestes primeiros dois meses só comprova como é grande a demanda reprimida", explica Marcelo Haendchen Dutra, diretor de Acompanhamento e Recuperação de Crédito do BRDE.

Em paralelo às operações de Micro e Pequenos Empreendedores, o banco começou no dia 22 uma nova fase do programa SC Mais Renda, voltada à Micro Empreendedores Individuais (MEI's) de todas as áreas. Também através de cooperativas parceiras eles poderão financiar até R$ 10 mil, com prazo de carência de seis meses mais doze meses para pagamento do empréstimo.

"Nesta primeira fase contamos com o apoio do Sicoob e Cresol, que nos permitem chegar a 64% da população catarinense. Mas a expectativa é que o número seja ampliado gradativamente, procurando atender todas as cidades do Estado", complementa o Diretor Financeiro, Vladimir Arthur Fey.



EDIÇÃO IMPRESSA

Capa



VÍDEOS



Endereço:
Rua: São Bonifácio, N78, Centro
Itapiranga - SC - Brasil - CEP: 89896-000
Telefone: (49) 3677-0907