Uceff Itapiranga apoia projeto 'Oratória nas Escolas' com bolsas de estudo

Assessoria de comunicação

Na última sexta-feira (3), aconteceu na Câmara de Vereadores de Itapiranga a etapa final do "Concurso Municipal de Oratória" envolvendo alunos do 3º ano do Ensino Médio, organizado pelo Léo Clube Ômega de Itapiranga. De acordo com o idealizador desta edição, vereador de Itapiranga e acadêmico de Educação Física, Leonardo Sausen, o concurso de oratória envolveu alunos do terceirão da Escola São Vicente, Humberto Machado de Linha Popi, Escola São José de Sede Capela e o Colégio Sagrada Família de Itapiranga.

O acadêmico Leonardo considera que o Concurso de Oratória oportuniza a evolução do protagonismo jovem. Ele mesmo já participou e foi vencedor na época que o concurso era organizado pela JCI local, por isso do interesse em retomar a atividade e propor a execução pelo Léo Clube Ômega. O tema definido para esta edição foi "O impacto da influência digital na pandemia".

Para a procuradora institucional, professora Natálie Schneideres, o evento representa a valorização da oratória, reafirmando a sua importância no desenvolvimento de todos que acreditam que para ser bom através da sua oratória é preciso estudar, dedicar-se e não ter receio de errar. "Parabenizo os organizadores, por incentivarem e estimularem o desenvolvimento da comunicação. Sabemos que uma das dificuldades do ser humano é comunicar-se. Estudos apontam que a inteligência emocional e a comunicação são essenciais para que possamos estar preparados para a vida social, para nos colocarmos no mercado de trabalho e principalmente para evoluirmos em nossas relações", disse a professora.

Já o professor Felipe Bozzetto, coordenador do programa UCEFF na Escola, que atuou como jurado no evento, avalia como muito positiva a atividade, pois este tipo de desafio vale para a vida de cada participante. Ele lembra a caminhada que cada uma teve até chegar no palco e fazer a entrega do produto final ´a apresentação´. "Quantas pesquisas foram feitas até o texto ficar pronto? Quanto treino em frente ao espelho ou gravações em vídeo para melhorar a apresentação? Quantos conselhos/dicas dos pais e professores para estar bem preparada naquele momento do palco? São estas coisas que me vieram a mente enquanto tive o papel de atribuir notas para cada um dos quesitos avaliados das seis alunas participantes da etapa final", comentou Felipe.

A campeã do concurso, premiada com uma bolsa de estudos de 50%, foi Brenda Letícia Borges do Canto Dalmonte da Escola São Vicente. A segunda colocada com uma bolsa de estudos de 30% foi Ariele Moellmann da Escola Humberto Machado de Linha Popi e o terceiro lugar ficou para Michele Spies Schneider da Escola São José de Sede Capela, com bolsa de 20%.

Imagens



EDIÇÃO IMPRESSA

Capa



VÍDEOS



Endereço:
Rua: São Bonifácio, N78, Centro
Itapiranga - SC - Brasil - CEP: 89896-000
Telefone: (49) 3677-0907