AGRO

Após quebra histórica, SC deve recuperar produção de milho

Nesta segunda-feira (20), a Secretaria de Estado da Agricultura e a Epagri apresentaram as estimativas para a safra catarinense de verão 2021/2022. O destaque é a recuperação da produção de milho grão, muito afetada na última colheita devido à estiagem e à ocorrência da cigarrinha-do-milho.

A Epagri calcula a produção de milho grão em 2,72 milhões de toneladas para a próxima safra, o que corresponde a um aumento de 51,2% frente a 1,79 milhão de toneladas da safra 2020/2021. O percentual mostra a retomada do setor após quebra de produção calculada em 27%.

Mesmo assim, o Estado seguirá com forte déficit na relação produção/consumo. Atualmente, segundo lideranças do setor do agro em Santa Catarina, o consumo anual de milho grão chega a 7 milhões de toneladas, puxado principalmente pela fabricação de rações da suinocultura e avicultura.

O aumento previsto para 2022 é uma soma do aumento da área plantada (+2,5%, chegando a 325,9 mil hectares) e aumento da produtividade (+47,5%, principalmente com a baixa base de comparação pela quebra histórica da última safra).

Se confirmada, a produção de 2,72 milhões de toneladas do grão será a maior dos últimos três anos, mas fica atrás de safras anteriores, como 2018/2019 (2,8 milhões de toneladas) e de 2016/2017 (3,2 milhões de toneladas).

Segundo a Epagri, também haverá crescimento na produção de soja. O montante deve passar de 2,34 milhões de toneladas (última safra) para 2,63 milhões de toneladas no ano que vem. A alta é de 11,8%, fruto da elevação da área (+3,8%, chegando a 725,7 mil hectares) e de produtividade média (+7,8%).

Já para o arroz a previsão é de queda. O percentual em relação à safra 2020/2021 é de -2,1%, com 1,22 milhão de toneladas do grão e leve aumento da área plantada, que chegará a 147 mil hectares.

Milho silagem

A produção de milho silagem (que abastece o mercado de leite) deve chegar a 9,2 milhões toneladas, volume 61,4% maior do que na safra 2020/21, quando o Estado produziu 5,7 milhões de toneladas. Caso as condições climáticas se mantenham apropriadas, a Epagri/Cepa estima uma produtividade média de 41.648 kg/ha, índice 61,9% superior ao ciclo agrícola 2020/21.Feijão

Feijão

Segundo o levantamento, Santa Catarina deve produzir 68,4 mil toneladas de feijão primeira safra, o que é 23% a mais na comparação com o período anterior, quando foram produzidas 55.636 toneladas. Esse crescimento se explica pelo aumento de 27,1% na produtividade, que deve saltar de 1.717 para 2.183 Kg/ha, entre as duas safras.

A estiagem comprometeu a produtividade e a produção total no último ciclo de cultivo. A cultura vem constantemente perdendo espaço no Estado para soja. Para estra safra de verão o Estado deve plantar 31,3 mil hectares com a leguminosa, área 3,3% menor do que no ciclo agrícola anterior.

Banana

Mantendo praticamente a mesma área plantada, o Estado deve produzir 725,2 mil toneladas de banana na safra 2021/22, o que é 48,2% a mais do que safra passada, quando se produziu 489.406 toneladas. A safra passada foi comprometida por ciclone que atingiu bananais. A expectativa da Epagri/Cepa é de que a produtividade média fique em 25.396,3 kg/ha, o que é 46% a mais do que na safra 2020/21.

Maçã

Para a safra 2021/22 a Epagri/Cepa estima que o Estado produza 592.726,1 toneladas de maçã, uma pequena queda (-0,6) em relação ao período anterior (596.117,8t). A produtividade média deve ser de 39.745,6 kg/ha, 1% maior do que no ciclo anterior, quando ficou em 39.345,1 kg/ha. A área plantada vai sofrer uma redução de -1,6%.

Outros produtos

A Epagri/Cepa também apresentou brevemente a expectativa de safra de verão para outras culturas do Estado, de menor relevância econômica. A batata deve ter o maior aumento de quantidade produzida (33%), seguida pelo fumo (6,1%) e mandioca mesa (3,8%). Já o tomate vai enfrentar queda de -5,9% na produção e a mandioca indústria deve produzir -2,7% a menos. Com exceção da batata, cuja área plantada vai crescer 13,7%, todas as outras sofrerão redução de espaço. A produtividade média aumenta em todas estas culturas, na comparação com a safra passada.


Imagens



EDIÇÃO IMPRESSA

Capa



VÍDEOS



Endereço:
Rua: São Bonifácio, N78, Centro
Itapiranga - SC - Brasil - CEP: 89896-000
Telefone: (49) 3677-0907