21/07/2015 - 22:43
Os Renegados: a primeira banda de rock de Itapiranga

Era 1995. Eu sabia apenas alguns acordes, ensinados pelo meu pai: Sol, Ré, Dó, Lá e era mais ou menos isso. Meu amigo Jaison Sbardelotto ganhou uma bateria do seu pai, o Osmar, conhecido músico e cabeleireiro de Itapiranga. Na sala da casa do Jaison, juntamos guitarra e bateria e tocamos a primeira música: Querem meu sangue, no auge do sucesso do primeiro CD da banda Cidade Negra. Emprestei a guitarra do meu tio Albano Stuelp por alguns dias. Descobrimos então mais um parceiro: Alessandro Konrad, que estava aprendendo a tocar contrabaixo. Com sua voz grave e imponente para locuções, Roberto Bauer, foi convidado para ser o vocalista. Era a primeira formação de uma banda itapiranguense de rock: Os Renegados. A primeira apresentação foi na Oktoberfest 1995, no bar do Duda, onde hoje é a loja Arqueiro. Sim, naquela época a festa durante o dia da Oktober era na rua do Comércio. Mais de 2 mil pessoas estavam aos arredores daquele ‘barulho’, que só foi possível graças a vários entusiastas e parceiros: Tchêke e o The Cover Sonorizações, Regis Berwanger – grande incentivador de eventos e bandas em Itapiranga, Remígio Kuhn, Marcos Camargo – que nos contratou e tantos outros. Eram os primórdios do rock itapiranguense. Mesmo com estilos pop e até pagode misturados, era uma iniciativa revolucionária para a época. Ficou na história de Itapiranga e das nossas vidas. Me lembro que, após a apresentação – minha primeira em púbico, meu pai Hugo – em memória, me levou até seu carro e abriu o porta malas. Para minha surpresa, ganhei naquele momento um presente inesquecível: uma guitarra, que ele comprou da então famosa banda Blue Star, que fazia grande sucesso nas Oktober’s daquela época. Imagine a emoção de receber, após sua primeira apresentação em público, um instrumento desses do seu pai, que sempre lhe incentivou e ensinou a tocar violão. O pai era um entusiasta apaixonado pela música e fazia de tudo para passar esse legado aos filhos. Me lembro como se fosse hoje da emoção que vivemos naquele dia, junto com meu pai, o companheiro Jaison e seu pai Osmar. A banda Renegados não fez muito sucesso, mas ficou marcada na história de Itapiranga e principalmente, das nossas vidas. Até a próxima!


Autor(a): Rafael Stuelp



COMPARTILHE:

Veja outros posts
Página Inicial Mais artigos Voltar

(49) 36770907

Rua São Bonifácio, 78 - Centro
Itapiranga - SC
CEP 89.896-000

Mapa de Localização
Acesse nossos canais:

Portal Força d'Oeste © Todos os direitos reservados
Desenvolvido por DBlinks Agência Digital